Arquivo

Archive for the ‘Ligado no Mundo’ Category

Feliz Aniversário!!! Marcos Tarcitano


Anúncios

Consultas em UBS já podem ser agendadas por aplicativo no celular


Precisa agendar algum exame no posto da UBS e não quer perder tempo com tanta burocracia? Desde segunda-feira (29/1), 22 unidades da UBS da Zona Norte já aceitam agendamentos e cancelamentos de exames por meio de aplicativo no celular.

app “Agenda Fácil”, disponível para Android – brevemente será disponibilizado também para iOS, permite agendar, confirmar e cancelar consultas e exames pelo aparelho celular nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Desde outubro do ano passado, o sistema vem sendo expandido gradualmente e a expectativa é de que todas as unidades das zonas Norte e Oeste sejam beneficiadas com o serviço, nos próximos meses.

O novo serviço favorece a igualdade entre os usuários e não usuários do aplicativo, pois o cancelamento pode ser realizado diretamente pelo paciente, e as vagas que ficam disponíveis podem ser aproveitadas por todos. Essa ação favorece a produção das unidades e reduz a perda das vagas sem paciente agendado ou com paciente agendado que não comparece.

Segundo a Prefeitura de São Paulo, os demais canais de agendamento seguem funcionando com acesso pleno a todas as vagas disponíveis; logo, não existem vagas reservadas ou exclusivas do aplicativo. Se o paciente não quiser usar o aplicativo ou encontrar dificuldades, seus agendamentos continuarão a ser feitos por meio do sistema e confirmação com contato telefônico.

Como utilizar

Para usar o sistema pela primeira vez, é necessário comparecer à UBS mais próxima e retirar um código de acesso, procedimento similar ao utilizado pelas instituições bancárias em relação aos seus respectivos aplicativos.

Para agendar uma nova consulta, o paciente pode escolher a especialidade que deseja passar – seja clínico geral, ginecologista, pediatra ou odontologia, escolher unidade, o horário e o médico.

O Agenda Fácil permite visualizar o endereço da unidade, o comprovante do agendamento, e em alguns casos, ver as orientações para o preparo antes da realização dos exames. O app conta ainda com um espaço de perfil, onde o usuário insere e atualiza seus dados de telefone e e-mail, fundamentais para que a UBS mantenha contato com o paciente.

Outra facilidade, é manter dentro do aplicativo, o cartão SUS virtual, o que facilita em casos de esquecimento do cartão.

Confira abaixo as unidades que estão disponíveis no app:

AMA/UBS Integrada Anhanguera I

AMA/UBS Integrada Jardim Ipanema

AMA/UBS Integrada Jardim Joamar

AMA/UBS Integrada Jardim Ladeira Rosa

AMA/UBS Integrada Parque Anhanguera

AMA/UBS Integrada Perus

AMA/UBS Integrada Vila Palmeiras

AMA/UBS Integrada Vila Pereira Barreto

AMA/UBS Integrada Wamberto Dias Da Costa

UBS Casa Verde

UBS Chácara Inglesa

UBS Conjunto Ipesp

UBS Dona Mariquinha Sciascia

UBS Horto Florestal

UBS Jardim Guanabara

UBS Jardim Peri

NIR/UBS Maria Cecilia F. Donnangelo

UBS Parque Peruche

UBS Vila Mangalot

UBS Vila Progresso – Jd. Monte Alegre

UBS Vila Zatt

Nisa/UBS Casa Verde Baixa – Dr. Walter Elias

foto: Prefeitura (ilustrativa)

Unidade Jaçanã do IBCC conta com 138 leitos para atendimento de cuidados paliativos e prolongados


Unidade inaugurada no fim de 2016 na região Norte,
oferece tratamento humanizado a seus pacientes

De acordo com a definição feita em 2002 pela Organização Mundial de Saúde (OMS), os cuidados paliativos são uma forma de aprimorar a qualidade de vida de forma humanizada de pacientes e familiares que enfrentam problemas associados a doenças que ameaçam a vida. Esses cuidados são feitos através de uma identificação precoce, avaliação correta e do tratamento da dor e demais problemas de ordem física, psicossocial e espiritual dos pacientes diagnosticados.

Como exemplo do trabalho que vem sendo desenvolvido na Unidade Jaçanã do IBCC está o caso do paciente A.F.M, de 71 anos, diagnosticado com Mal de Parkinson, Diabetes e Hipertensão, fazendo uso de sonda naso enteral, há um ano acompanhado pela equipe do Instituto. Segundo Fabiane Je­rônimo, supervisora assistencial do IBCC Jaçanã, o paciente era “meio apático, não interagia e se expressava muito pouco”. Mas com quatro semanas de atendimento ele já não fazia mais uso da sonda para alimentar-se e apresentou um grande avanço em seu quadro.

Meses depois o paciente passou a ter autonomia e melhorou suas condições clínicas com mais interação. Passou a alimentar-se de forma independente, com o uso de colher e copo adaptados e assistido pela equipe multiprofissional do Ins­tituto. O grupo multiprofissional é composto pelos profissionais de enfermagem, terapia ocupacional, fisioterapia, nutrição e psicologia.

Mesinha adaptada ajuda autonomia de pacientes nas refeições

O tratamento humanizado oferecido aos pacientes também envolve o desenvolvimento de mecanismos e utensílios que os façam voltar a ter autonomia em tarefas cotidianas. Um exemplo é a “mesinha adaptada” utilizada como suporte para as principais refeições (almoço e jantar).
Com esse utensílio os pacientes têm a vida facilitada na hora da alimentação, correm menos risco de sofrerem uma broncoaspiração (tendo em vista que o paciente precisa ser posicionado adequadamente), além de também ser um aliado da equipe de trabalho de enfermagem no Instituto.

“Elas foram criadas para auxiliar os pacientes que possuem autonomia alimentar. O ganho principal é o paciente poder alimentar-se sem que o prato deslize pela mesa, o que promove melhor condição, proporcionando autonomia alimentar com maior qualidade de vida”, explica Viviane Fernandes, fonoaudió­loga da IBCC Jaçanã, idealizadora do projeto.

A profissional explica que cada paciente indicado para o uso é treinado durante uma semana. Com isso, este paciente é levado para sala de Terapia, onde é supervisionado pela fonoaudióloga e pela terapeuta ocupacional Larissa Delazia A. Santana. “Após essa semana de adaptação o material é liberado para o paciente, para servir de suporte para alimentação no leito, cadeira de rodas ou poltrona”, explica.

Através de atendimento especializado muitos pacientes
conseguem recuperar sua autonomia para atividades cotidianas

 

 

Suporte

Existem dois tamanhos de medidas, variando de acordo com o peso e circunferência de cada paciente. Todos os pacientes que fazem uso do suporte tiveram suas medidas tiradas para a confecção da mesinha. São peças exclusivas”, revela Larissa.

Segundo ela, apesar de ainda o uso do material estar em fase de adaptação, já é possível verificar uma melhora no desempenho alimentar dos pacientes. “Os 8 pacientes que estão sendo treinados já apresentaram melhora na aceitação alimentar e estão mais dispostos e alegres”, conta.

Os materiais utilizados para a confecção das “mesinhas adaptadas” são placas de MDF reutilizadas. A empresa HOTMACON doou o material, assim como realizou o corte das medidas.

Realizando atendimentos en­caminhados pelo Sistema Úni­co de Saúde, a Unidade Ja­çanã do IBCC fica localizada na Rua Roque de Paula Monteiro, 245 – Jaçanã. Tem horário de visita aberto das 9 às 21 horas. Telefone: (11) 2248-9950 Site: WWW.ibcc.org.br

Fonte:A Gazeta da Zona Norte

 

 

Pedido de credencial para vaga de estacionamento de idoso sobe mais de 300% em SP


Vagas para idosos só podem ser usadas com apresentação de cartão

A procura pelo cartão de estacionamento para idosos e deficientes físicos em São Paulo aumentou em 333% desde o dia 1º de setembro. A partir desse dia, a Polícia Militar (PM) e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) a multar quem para irregularmente em vagas desse tipo localizadas em estacionamentos privados

Segundo o diretor do Departamento de Operação do Sistema Viário (DSV), Edson Caram, antes desta data, cerca de 300 pessoas  por dia pediam a credencial especial e, depois da aplicação da nova lei, o atendimento aumentou e gira em torno de 1.300 pessoas por dia

A multa para quem desrespeitar as vagas especiais é de R$ 293,47, além de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) por infração gravíssima. Segundo Caram, além dos motoristas, os estabelecimentos que não se adequarem poderão sofrer punições.

O diretor do DSV disse que, até o último domingo, 291 pessoas, em 4 estabelecimentos, foram autuadas por desrespeitarem as vagas especiais. “As desculpas são sempre as mesmas: eu não sabia que não podia parar é a campeã; ninguém me avisou, só fui ali; só por alguns minutinhos estacionei aqui” complementa Caram.

De acordo com o diretor, o idoso tem a opção de fazer a requisição da credencial pelo site da Prefeitura, preencher o formulário eletrônico, imprimir, reunir a documentação necessária e enviar pelo correio para Rua Sumidouro, 740 Pinheiros ou ir direto a um posto de atendimento.

Veja quais são os postos de atendimento

 Prefeitura Regional e DSV, em Pinheiros; Prefeitura Regional de Aricanduva, na zona leste; Departamento de Transportes Públicos, no centro e posto móvel na AACD. Na segunda-feira, dia 25, será inaugurado também o posto da Prefeitura Regional de Santana/Tucuruvi.

Fonte: UOL Notícias

Pedido de credencial para vaga de estacionamento de idoso sobe mais de 300% em SP


Vagas para idosos só podem ser usadas com apresentação de cartão

A procura pelo cartão de estacionamento para idosos e deficientes físicos em São Paulo aumentou em 333% desde o dia 1º de setembro. A partir desse dia, a Polícia Militar (PM) e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) a multar quem para irregularmente em vagas desse tipo localizadas em estacionamentos privados

Segundo o diretor do Departamento de Operação do Sistema Viário (DSV), Edson Caram, antes desta data, cerca de 300 pessoas  por dia pediam a credencial especial e, depois da aplicação da nova lei, o atendimento aumentou e gira em torno de 1.300 pessoas por dia

A multa para quem desrespeitar as vagas especiais é de R$ 293,47, além de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) por infração gravíssima. Segundo Caram, além dos motoristas, os estabelecimentos que não se adequarem poderão sofrer punições.

O diretor do DSV disse que, até o último domingo, 291 pessoas, em 4 estabelecimentos, foram autuadas por desrespeitarem as vagas especiais. “As desculpas são sempre as mesmas: eu não sabia que não podia parar é a campeã; ninguém me avisou, só fui ali; só por alguns minutinhos estacionei aqui” complementa Caram.

De acordo com o diretor, o idoso tem a opção de fazer a requisição da credencial pelo site da Prefeitura, preencher o formulário eletrônico, imprimir, reunir a documentação necessária e enviar pelo correio para Rua Sumidouro, 740 Pinheiros ou ir direto a um posto de atendimento.

Veja quais são os postos de atendimento

 Prefeitura Regional e DSV, em Pinheiros; Prefeitura Regional de Aricanduva, na zona leste; Departamento de Transportes Públicos, no centro e posto móvel na AACD. Na segunda-feira, dia 25, será inaugurado também o posto da Prefeitura Regional de Santana/Tucuruvi.

Fonte: UOL Notícias

Mudanças operacionais em linhas de ônibus da Zona Norte


Em virtude da sobreposição de linhas de ônibus no percurso Jardim Antártica-Terminal Casa Verde (9070/10), algumas mudanças serão implantadas pela SPTrans para melhorar o transporte público na região. Por isso, a linha de ônibus não estará nas ruas a partir deste sábado (27/5).

Aos passageiros que utilizam a linha, duas outras fazem um trajeto semelhante: Jd. Pery-Metrô Santana (1759/10) e Vila Dionísia-Metrô Santana (1741/10).

Além disso, os usuários que costumam embarcar no bairro Jardim Antártica terão à disposição os ramais: 148L/10 Jd. Antártica-Lapa; 1742/10 Jd. Antártica-Metrô Santana; 1758/10 Jd. Antártica-Metrô Santana; 1760/10 Jd. Antártica-Shop. Center Norte; 2013/10 Jd. Antártica-Cachoeirinha; N231/11 Term. Cachoeirinha-Pedra Branca (passagem); e N236/11 Metrô Santana-Jd. Antártica. Clique aqui e veja no site da SP Trans as mudanças detalhadas, com os trajetos de cada linha.

Também no sábado (27/5), por conta do mesmo problema de sobreposição de linhas, mais quatro ramais de ônibus serão substituídos, dando lugar a duas novas. As novas linhas farão o percurso entre o Parque Edu Chaves e o Metrô Belém (213E/10); e a rota entre o Jd. Guançã e o Terminal Tietê (2033-10).

Deixam de existir linhas que percorrem o Jardim Guançã e a Praça da Sé (2175/10 e 2204/10), e que partem da Vila Sabrina (até a Praça do Correio, 1156/31; e até o Parque D. Pedro II, 2171/10).

Entre as alternativas, para quem usa a linha 2175/10, terão à disposição a nova linha entre o Parque Edu Chaves e Metrô Belém citada acima, além dos ramais Jardim Brasil – Praça do Correio (2182/10), Parque Edu Chaves – Praça do Correio (2161/10), Parque Novo Mundo – Parque Dom Pedro II (272N/10) e Metrô Santana – Penha (278A/10).

Já os usuários das outras linhas desativadas – 2204/10, 1156/31 e 2204/10 – terão à disposição a nova linha 2033/10, que faz o percurso entre o Jardim Guançã e o Terminal Tietê.

Obras emergenciais da Sabesp também vão afetar o sistema de ônibus, em Santana, a partir de segunda-feira (29/5). As reformas acontecerão das 7h às 18h e devem durar até a próxima sexta-feira (2/6). Serão afetadas as linhas Metrô Santana-Terminal Penha (271A-10), Cangaíba-Metrô Santana (271A- 51), Parque Novo Mundo-Metrô Santana (271M-10) e Vila Nova Galvão-Santana (2025-10). O percurso de partida das linhas permanece os mesmos. Veja aqui os detalhes das mudanças pontuais no trajeto dessas linhas.

Fonte: SPNorte

Temperatura cai, doenças respiratórias afloram


A temperatura esfriou e a atenção com as doenças respiratórias precisa ser redobrada, sobretudo com as pessoas que estão nos extremos da vida, crianças e idosos. Além da gripe, que está no foco do Ministério da Saúde por meio da vacinação contra o vírus Influenza, cujo “Dia D” acontece neste sábado (13/5), também são muito comuns outras infecções das vias aéreas (IVAS), como a faringite, laringite, rinite, sinusite, e otite.

Esses processos resultantes do contágio de bactérias e vírus atingem os seios da face, a região nasal, ouvido, faringe e laringe. Além disso, quem tem asma pode sofrer mais crises por conta do tempo seco e ar frio. No grupo de risco dos mais afetados estão as crianças, pois o sistema imunológico ainda passa por desenvolvimento, o que ocasiona maior facilidade de contágio por terem menos defesas.

Espaços fechados são grandes propagadores desses vírus e bactérias. No caso das crianças, as creches, jardins e escolinhas pode ser ponto de infecção, em virtude do contato com amigos doentes e objetos de uso comum. Se alguém próximo, como os pais, fica doente, a criança também pode sofrer contágio.

Na outra ponta da vida estão os idosos, com seu sistema imunológico mais frágil e debilitado. Neste caso, a idade é um fator comprometedor, pois o corpo está desgastado, o que compromete a resposta imune de defesa aos antígenos. Com isso, eles são um dos primeiros a receber vacina contra a gripe na campanha de vacinação.

Sendo assim, o jeito é prevenir-se. Como muita gente fica doente ao mesmo tempo, sobretudo com gripes e resfriados, o melhor a fazer é evitar lugares fechados. Além disso, o contágio acontece, muitas vezes, de pessoa para pessoa. Por isso, quanto maior a proximidade com alguém infectado, mais chances há de contágio.

Medidas simples podem evitar a propagação dos vírus e bactérias, como, por exemplo, preferir lugares abertos e bem ventilados; lavar sempre as mãos e o nariz para retirar a poluição e potenciais invasores, usar um lenço ao tossir, abrir as janelas de ônibus para facilitar a ventilação natural, não ficar num muito tempo no ar-condicionado, nem sair de um local frio para um quente, para evitar um choque térmico.

Por fim, adote um estilo de vida saudável, alimentando-se bem e praticando exercícios físicos regularmente. Em caso de algum sintoma das IVAs, não se automedique, e sim procure um médico. Tomar um remédio por conta própria, pode, além de disfarçar os sintomas de uma doença, encobrir alguma enfermidade mais grave.

Fonte:SP Norte nº762

%d blogueiros gostam disto: