Arquivo

Archive for 16/12/2011

Prefeitura lança novo sistema para emissão de notas fiscais por celular


O prefeito de São Paulo lançou um aplicativo pioneiro para emissão de notas fiscais eletrônicas a partir de smartphones e tablets. A nova ferramenta permite que qualquer prestador de serviço da capital, pessoa jurídica, profissional autônomo ou liberal emita a nota fiscal pelo serviço prestado na hora, sem qualquer complicação ou burocracia. O lançamento aconteceu durante a entrega dos prêmios do terceiro sorteio da Nota Fiscal Paulistana, que aconteceu na sede da Subprefeitura do Butantã, na Zona Oeste.

“Essa é uma ferramenta que vem se somar às outras já implantadas na Capital e que melhoram a qualidade e eficiência da arrecadação de tributos. O importante é que a Prefeitura seja cada vez mais eficiente nesse ramo, sem precisar aumentar a carga tributária”, disse o prefeito.

Cinco meses após o lançamento do Programa Nota Fiscal Paulistana, que tem como objetivo estimular os cidadãos a pedir o documento fiscal quando contratarem qualquer serviço na Capital, a Prefeitura implanta esse aplicativo, que é pioneiro no Brasil. O aplicativo é uma revolução na dinâmica da emissão de notas fiscais, pois dispensa o uso de computadores e impressoras.

“A implantação dessa nova funcionalidade no sistema da Nota Fiscal Paulistana representa um avanço no processo de desburocratização e gastos que os empresários têm em detrimento dessas obrigações acessórias”, afirmou o secretário municipal de Finanças.

O serviço tem ainda duas inovações. O munícipe recebe um e-mail ou SMS logo após a solicitação da nota fiscal e ainda pode visualizar em um mapa 310 mil prestadores de serviços cadastrados no programa da Nota Fiscal Paulista. O localizador aponta os estabelecimentos por ramo de atividade, calcula as rotas para os prestadores mais próximos, a pé e de carro, refaz as trajetórias de acordo com alteração do ponto de partida e apresenta a localização no mapa, com o georreferenciamento do estabelecimento. O aplicativo pode ser acessado pelo endereço http://nfe.prefeitura.sp.gov.br/mobile. Em breve também estará disponível na Apple Store e Android Market, gratuitamente.

Entrega de mais prêmios da Nota Fiscal Paulistana

Durante a cerimônia de lançamento do aplicativo, o prefeito e o secretário de Finanças também entregaram os três prêmios referentes ao terceiro sorteio do programa. O prêmio de R$ 10 mil foi entregue a Monique Benfatti, o de R$ 20 mil a Jaderson Luis Bellan e o de R$ 50 mil a David Fajkarz.

Nota Fiscal Paulistana

A Nota Fiscal Paulistana devolve até 30% do ISS para a população, que pode para abater até 100% do IPTU ou optar por depósito em conta-corrente ou poupança. Exemplos de prestadores de serviço: estacionamentos, academias, escolas particulares, lavanderias, creches, colégios, faculdades, cursos de idiomas, construtoras, conserto de eletrodomésticos, cabeleireiros, hotéis e motéis, oficinas mecânicas, empresas de vigilância e limpeza.

Fonte:SampaOnline

Enviado pelo servidor Nelson Adelino Pereira da Supervisão Técnica de Manutenção/CPO

Anúncios
Categorias:Ligado no Mundo

SP alerta para vacinação contra sarampo e febre amarela antes das férias


A Secretaria da Saúde decidiu fazer um alerta aos paulistas que irão viajar neste final de ano. Algumas regiões do país e também do exterior são consideradas áreas de risco para doenças como a febre amarela e sarampo. Nestes casos, a recomendação é atualizar a caderneta de vacinação antes da viagem para evitar a infecção por essas doenças.

A imunização contra febre amarela, disponível no SUS (Sistema Único de Saúde) é indicada para qualquer pessoa, a partir dos nove meses de idade, que for viajar a áreas consideradas de risco, especialmente para regiões rurais, ribeirinhas e de mata (veja a lista abaixo). Quem se vacinou há menos de 10 anos não precisa repetir a dose.  O ideal é que as pessoas sejam vacinadas com, ao menos, 10 dias de antecedência à viagem.

Já com relação ao sarampo, no Estado de São Paulo foram identificados apenas casos vinculados à importação em 2011, todos relacionados a vírus circulantes na Europa, onde mais de 30 países apresentaram ocorrências este ano. Também registraram surtos de sarampo países da África e Oceania. Por isso a vacinação é importante para quem vai a esses países.

No calendário de rotina as crianças devem tomar a primeira dose aos 12 meses e a segunda dose, entre 4 e 6 anos. Para adolescentes de até 19 anos também são recomendadas duas doses e para adultos de até 50 anos uma dose. É indicado que a vacinação contra o sarampo seja realizada 15 dias antes de viajar.

“É muito importante que as pessoas se informem sobre a região para a qual vão, para saberem quais vacinas devem tomar. A imunização é a medida mais eficaz que temos para evitar a contaminação por estas doenças”, afirma Helena Sato, diretora de imunização da Secretaria.

Os postos de saúde abrem de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. A relação completa de postos de vacinação contra a febre amarela está disponível no site: http://www.cve.saude.sp.gov.br/htm/imuni/posto_fad1.htm. Na capital, também é possível receber a imunização contra febre amarela na sala de vacinação do Instituto Pasteur, na avenida Paulista, 393, que funciona inclusive aos sábados e domingos, das 8h às 20h.

Sintomas

A Secretaria orienta que a população esteja atenta aos sintomas destas doenças. Com relação ao sarampo, os principais são febre e exantema (manchas avermelhadas no corpo), acompanhados ou não de tosse, coriza e conjuntivite. Nesses casos, a recomendação é para que a pessoa procure imediatamente um posto de saúde e evite contato desnecessário com outras pessoas até que receba avaliação médica.

A febre amarela é uma doença infecciosa viral aguda, transmitida por mosquitos e que pode levar à morte. Os sintomas mais comuns são febre alta, calafrios, vômitos, dores no corpo, pele e olhos amarelados, sangramentos, fezes cor de “borra de café” e diminuição da urina.

Áreas consideradas de risco para febre amarela no País

– Estados do Norte e Centro-Oeste;
– Minas Gerais, Maranhão e parte da Bahia, Piauí, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina;
– Municípios da região de Presidente Prudente, Presidente V enceslau, Araçatuba, Jales, São José do Rio Preto, Barretos, Franca, Ribeirão Preto, Araraquara, Bauru, Marília, Assis, Botucatu, Itapeva e Sorocaba.

Da Secretaria da Saúde

Fonte: Assessoria de Comunicação do Governo do Estado de São Paulo

Enviado pelo servidor Nelson Adelino Pereira da Supervisão Técnica de Manutenção/CPO

Categorias:Ligado no Mundo

Para punir, Lei da Palmada vai passar a exigir testemunha da agressão


SÃO PAULO – Quando a palmada não deixa marcas, a aplicação do castigo físico terá de ser comprovada por testemunhas, depoimentos ou laudos psicológicos. E vai depender da interpretação do juiz responsável pelo caso. Ele é que definirá se basta um tapa para o pai ou educador ser considerado um fora da lei ou se a punição será aplicada somente em casos de reincidência.

Segundo o promotor de Justiça Wilson Tafner, a Lei da Palmada exclui a necessidade de comprovação da violência por meio de arranhões, hematomas ou vermelhidão pelo corpo da criança e do adolescente. “A definição agora é outra. Castigo corporal passa a ser qualquer ação que resulte em sofrimento. É o mero uso da força física com a suposta intenção de educar”, explica.

Sem provas documentadas ou flagrantes, a Justiça pode enfrentar dificuldades para estabelecer culpas e definir punições, segundo o advogado Nelson Sussumo Shikicima, presidente da Comissão de Direito da Família da OAB. “Como consequência, a aplicação da lei não será fácil. E, então, pode ser que ela nem aconteça na prática”, diz.

De acordo com especialistas, evitar a omissão é outro desafio imposto pela nova legislação. Isso porque a Lei da Palmada determina que profissionais das áreas da saúde e da educação, como médicos e professores, relatem às autoridades casos de castigos conhecidos nas escolas, creches, consultórios ou hospitais. Atualmente, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) já prevê essa comunicação, até com o pagamento de multa em caso de omissão (de três a 20 salários mínimos), mas em casos conhecidos de agressão.

Quando a violência é extrapolada a ponto de levar a criança ao médico, o caso é facilmente observado e, por isso, comunicado. O mesmo não ocorre diante de um castigo mais discreto, como um beliscão ou um puxão de cabelos praticado dentro de casa, sem testemunhas.

Para o promotor Tafner, no entanto, a aprovação da proposta forçará as pessoas envolvidas na criação de uma criança a prestar mais atenção no seu comportamento. “Acredito que isso acontecerá como um reflexo natural.”

O resultado mais importante, porém, segundo ele, é o preventivo. “O grande mérito dessa lei deve ser a mudança de mentalidade. Não acredito que os pais deixarão de impor limites. Isso é absolutamente necessário para se educar um filho. Mas não é preciso retroagir, apelar à palmada, que só oferece efeito imediatista e não resolve nada.”

Denúncia. Relatos sobre a aplicação de castigos contra crianças e adolescentes deverão ser feitos a conselhos tutelares ou representantes da Justiça, que serão responsáveis pela comprovação da violência.

As regras para a punição de pais que usam da violência aguda dentro de casa também continuam as mesmas. Apenas casos de maus-tratos – e não palmadas – poderão render prisão e perda do poder familiar.

Fonte:Estadão

Enviado pelo servidor Nelson Adelino Pereira da Supervisão Técnica de Manutenção/CPO

Categorias:Ligado no Mundo

Rotas de Bicicletas passarão a funcionar na Lapa a partir de terça-feira


A CET e a Subprefeitura Lapa implementarão as ciclorrotas, percursos que habitualmente são utilizados por ciclistas e que agora terão sinalizações vertical e horizontal, com pintura no solo, placas de regulamentação e advertência, orientando ciclistas e motoristas que a via é também rota de bicicletas, devendo circular com mais cuidado e com velocidade mais baixa. Pensando no meio ambiente, diminuição do transito e sedentarismo, a partir do dia 20/12/11 será inaugurada a rota de bicicleta da Lapa. O projeto é uma continuação da política municipal de uso da bicicleta, que tem como objetivo transformar a bicicleta em meio de transporte.

As sinalizações totalizaram 234 m² de sinalização horizontal, 239 placas, 162 suportes e 38 faixas de vinil. Além de atender às reivindicações da população que já utiliza a bicicleta no seu dia a dia, o objetivo é também incentivar o uso em viagens pequenas e restritas pelo bairro, em qualquer dia e horário e não só aos domingos. Esse projeto visa desestimular o uso do carro para pequenos deslocamentos como uma ida ao comercio local: padaria, farmácia, entre outros.

A escolha do percurso da ciclorrota foi desenvolvida pelo CEBRAP (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento) e propostas pela SEME (Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação) e pólos de interesse ciclístico de lazer da região. Foram escolhidas vias que possuem baixa frequência de veículos maiores como ônibus e caminhões, tornando assim, as condições do tráfego motorizado favoráveis à convivência com a bicicleta.

Na Lapa, a ciclorrota possui 18 km e liga os Parques Villa-Lobos e o Parque da Água Branca, além de promover o acesso ao Centro Educacional e Esportivo Edson Arantes do Nascimento (Pelezão), SESC Pompéia e Sociedade Esportiva Palmeiras.

As ruas que a compõem a rota são as seguintes:

Parque Villa- Lobos – Parque Dr. Fernando Costa (Água Branca):

Av. Pe. Pereira de Andrade, Av. Queiroz Filho, R. Jaspe Negro, Av. Diógenes Ribeiro de Lima, Pça. José Xavier Muniz, R. Belmonte, R. dos Aliados, Pça. Maria José Felippe, R. Duarte da Costa, R. Pio XI, R. Tito, R. Manuel Jacinto do Rego, R. Fábia, R. Claudio, R. Coriolano, R. Dr. Augusto de Miranda, R. Pe. Chico, R. João Ramalho, R. Dr. Franco da Rocha, R. Turiaçu, R. Dona Germaine Burchard, R. Tanabi, R. Dr. Costa Jr., R. Dona Ana Pimentel.

Parque Dr. Fernando Costa (Água Branca) – Parque Villa-Lobos:

R. Dona Ana Pimentel, R. Dona Germaine Burchard, R. Turiaçu, Pça. Marrey Jr., Av. Sumaré, R. Aimberê, R. Bartira, Rua Min. Ferreira Alves, R. Frei Henrique de Coimbra, R. Claudio, R. Fábia, R. Vespasiano, R. Coriolano, R. Tomé de Souza, Av. Mercedes, R. Duarte da Costa, Pça. John Lennon, R. Barão do Amazonas, R. dos Aliados, R. Belmonte, Pça. José Xavier Muniz, Av. Diógenes Ribeiro de Lima, R. Barbalha, Av. Queiroz Filho, Av. Pe. Pereira de Andrade.

Fonte:SampaOnline

Enviado pelo servidor Nelson Adelino Pereira da Supervisão Técnica de Manutenção/CPO

Categorias:Ligado no Mundo

Prefeitura recebe exposição de presépios artesanais de todas as regiões do Estado


A Prefeitura de São Paulo, em parceria com a Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades (Sutaco), da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado,  promove a 28ª Exposição de Presépios Artesanais Paulistas.

Os aspectos regionais e suas diversas interpretações para o tema do Natal são o que o público pode conferir na exposição da Sutaco, em que é possível ver a criatividade e a habilidade dos artesãos paulistas, que transformam as mais diversas matérias-primas em exemplares da arte presepista.

Há presépios feitos de argila, biscuit, bucha vegetal, coco, gesso, madeira, palha de milho, papel, taboa, tecido, tela de juta, arame, vidro, folha de bananeira, sucatas de metal, jornal, barro, etc. As técnicas utilizadas para a montagem dos presépios são numerosas: modelagem, cortes, entrelaçamento, colagem, torção, entre outras.

Todas as regiões do Estado de São Paulo estão representadas – Capital, Vale do Paraíba, Vale do Ribeira, litoral e interior.

A exposição, inaugurada no dia 5 de dezembro, se estende até o dia 6 de janeiro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h, com entrada gratuita. O evento está aberto à visitação pública no saguão do 3º andar do Edifício Matarazzo, sede da Prefeitura de São Paulo, localizado no viaduto do Chá, 15, no Centro.

Com esse evento, a Sutaco pretende divulgar e proporcionar a manutenção de aspectos culturais, sociais, históricos e artísticos que se revelam nas obras confeccionadas por artesãos residentes no Estado de São Paulo.

A Sutaco é uma autarquia que oferece oportunidades de geração de renda aos artesãos e promove o desenvolvimento local de modo economicamente viável, socialmente justo e ambientalmente responsável.

Serviço

28ª Exposição do Presépio Artesanal Paulista

Data: até 6 de janeiro de 2012

Horário: de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h

Local: Prefeitura Municipal de São Paulo

Endereço: Edifício Matarazzo, saguão principal, viaduto do Chá, 15 – Centro.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de São Paulo

Enviado pelo servidor Nelson Adelino Pereira da Supervisão Técnica de Manutenção/CPO

Categorias:Canal Cultural

Prefeitura organiza, neste sábado (17), operação cata-bagulho em diversos bairros de São Paulo


Neste sábado, diversas subprefeituras organizam operações Cata-Bagulho. Trata-se de uma operação para recolher materiais que não têm mais utilidade, como móveis velhos, madeiras, pneus usados e eletrodomésticos quebrados ou fora de uso. Os moradores devem deixar os objetos para descarte nas calçadas a partir do horário de começo da operação (verifique abaixo) para serem recolhidos.

A iniciativa contribui no combate às enchentes, ao evitar que esses materiais sejam descartados em via pública e prejudiquem o escoamento das águas em dias de chuva ao entupir bueiros e bocas-de-lobo.

Confira as regiões atendidas nesta edição do Cata-bagulho:

Butantã
Neste sábado, a subprefeitura realiza a operação, das 9h às 15h em ruas e avenidas da região. Moradores do distrito do Rio Pequeno, poderão se desfazer de itens sem utilidade. A equipe irá percorrer as vias do bairros do Rio Pequeno e Vila Dalva, sendo: Av. Dr. Luiz Antonio Peduti Cunha, Rua Manuel Teodoro dos Santos, Rua Des. Manuel Mendes de Almeida França, Rua Manuel Dias Amaro, Trav. Roque Salvia, Trav.Dr. José Correia de Meira, Rua José Augusto de Oliveira, Rua José Alves Cunha Lima, Rua João Oreggia, Rua Clarindo de Oliveira Café, Rua Central Lupion, Rua Guido Oreggia, Rua Linda Abud Siufi, Rua Henrique Matias, Rua José Carlos Ricci Azevedo, Rua Manuel do Couto, Rua Manuel Soares Ferreira, Rua Carlos Pereira, Rua Antonio Dias Pereira, Rua Urindeúva, Rua Rouxinho, Rua José do Patrocínio Waetge, Rua Nércio Leoni Tte, Rua Imbuía, Rua Monjoleiro, Rua Antonio da Silva Dias, Rua Tasseliugo, Rua Amarante do Maranhão e Rua Doris Alexandre.
Subprefeitura do Butantã 3397-4600

Capela do Socorro
O serviço acontece entre 8h e às 12h e percorrerá as seguintes vias: Passagem Uirapuru, Pr. Alma Mater, Pr. Serra Nova, Rua Dr. Carlindo Augusto de Resende, Rua Dr. Carlos Pezzolo, Rua Durval E. Silva, Rua Jacques Legrand, Rua José Inácio da Silva, Rua Josefa Veras Garcia, Rua Maria Virgínia da Conceição, Rua Nelson F. Gomes, Rua Sizenando D’Oliveira e Tr. Estanislau Ribeiro.
Subprefeitura da Capela do Socorro 3397-2700

Cidade Ademar
A operação percorre o Setor 12C – Mata Virgem.
Subprefeitura da Cidade Ademar 5670-7000

Ermelino Matarazzo
As equipes percorrerão ruas e avenidas, do Jardim Matarazzo e Jardim Belém, recolhendo materiais que não têm mais utilidade. Os moradores deverão deixar seus bagulhos nas calçadas a partir das 7h para serem recolhidos. Ruas e avenidas contempladas: Rua Fioravante Lopes Garcia, Rua Gonçalves Duvalle, Rua Catarina Alvares, Rua Antonio Bonici, Rua Ahmad El Hind, Rua Ernesto Félix da Silva, Rua Bispo Isaias Sucasas, Rua Francisco Barroso Pereira, Rua Rui Pirozelli, Rua Manoel de Mattos Godinho, Rua Gilberto José Gonçalves, Travessa Rio Antuan, Rua Sampei Sato, Rua Luis Perassa Sobrinho, Rua Reverendo João Euclides, Travessa Veranini, Rua Ilha do Campeche, Rua Roberto A. Collin, Avenida Paranaguá, Rua Reverendo José de Azevedo Guerra, Rua Milene Elias, Travessa Frizo F. de Oliveira, Rua João Ribeiro Pereira, Rua Flora Lemos, Rua Shobee Kumagai, Rua Alto Pacachá, Rua José Lopes Rodrigues, Rua Domingos Scarpel, Rua Maria Jovita da Conceição, Rua Hilária, Rua Padre Serafin Leite, Rua José de Castro Mendes, Rua Carmem Magnani, Rua Figueira da Polionésia, Rua Folha da Fortuna, Rua Brasilina Sachetti, Rua Tiriba, Rua Flor de Carnaval, Ruia Djanira da M.E. Silva, Rua Jacira Ferrarri de Oliveira, Rua Zilda Fernandes de Ollanda, Travessa Dom Bosco, Travessa Lirio da Paz, Viela Particular Jon Wesley, Rua Antonio de Freitas Toledo, Rua Francisco Bueno Silveira, Ruya Francisco Antonio Miranda, Rua Antonio Pereira Simões, Rua Francisco da Silva, Rua José de Ricci, Rua Rafael A. Pinheiro, Rua Ricardo Butarrelo, Rua Guido Bonici, Rua R. dos Santos, Rua Tamarindo,Rua Guilherme Vaz Pinto, Rua José Elias Moreira, Rua Antonio Egas Muniz, Rua Otávio M. dos Santos, Rua Angelo Arigoni, Rua Danilo Felipe, Rua Maria Angelica Soares Gomes, Rua Pascoal Riso, Travessa Ricardo Butarello, Rua Sussuaia, Viela Particular Adolfo S. Muller, Travesssa Augusto C.B. dos Santos, Rua Tanzeiro, Rua Tiritama, Travessa Domenico Foronio, Rua Francisco Miranda e Traverssa Eduardo Batay.
Subprefeitura de Ermelino Matarazzo 2048-6585

Freguesia/Brasilândia
A operação acontece no Setor 18, em Itaberaba, Freguesia do Ó (parte), Parque Monteiro Soares, Vila Primavera, Vila Ramos, Vila Bancária Munhoz, Vila Palmeira e Parque Mandi.
Subprefeitura da Freguesia/Brasilândia 3981-5000

Itaquera
A subprefeitura, através da Supervisão de Limpeza da Coordenadoria Infraestrutura Urbana e Obras, realizará a operação, das 8h às 11h. Os moradores poderão se desfazer objetos sem utilidade que deverão ser colocados nas calçadas a partir das 7h. Vias a serem percorridas: Rua Esteves Ferreira, Rua Agostinho Delgado de Arouche, Rua Silvio Marques Jr., Rua Frei Andre Blanco, Rua Madre Maria Bernardina, Rua Padre Cristovão Valente, Avenida Nossa Senhora de Guadalupe, Rua Lincoln Junqueira, Rua Santo Ouvidio, Rua Jaraguá do Sul, Rua Irmão Fabiano, Rua Prof ª Joana Fagundes, Rua Pilar do Sul, Rua Sebastião de Barros, Rua José Cubas do Prado, Rua Francisco Pinheiro de Sepeda, Rua Santa Edith, Rua Lourenço Xavier, Rua Eng º Romeu Beluomini, Rua Tomé Malio, Rua Prof º Leôncio Gurgel, Rua Sta. Rita da Estrela e Rua Silvestre da Silva.
Subprefeitura de Itaquera 2944-8626

Jaçanã/Tremembé
A Subprefeitura, através da Unidade de Varrição, realiza a operação, na Jardim Ataliba Leonel, Jardim Miguel Mauricio, Jardim Mário Fonseca, Jardim Jaçanã e Jardim Maria Cândida, das 8h às 15h. Os moradores deverão colocar o material inservível entre às 7h e às 8h, nas calçadas do itinerário da operação.
Subprefeitura Jaçanã/Tremembé 3397-1000

Lapa
A operação cata bagulho e cata bagulho eletrônico acontece das 10h às 17h, no Jaguaré, Pq. Continental, Vila Lajeado, Vila Graziela e Nova Jaguaré. Os objetos podem ser descartados das 7h às 10h em diferentes pontos, no perímetro dda Avenida Escola Politécnica, Avenida Corifeu de Azevedo Marques, Avenida Doutor Francisco de Paula Vicente de Azevedo, Avenida Presidente Altino, Avenida Engenheiro Billings (Marginal Pinheiros).
Subprefeitura da Lapa 3396-7500

Parelheiros
A operação acontece no Jardim Almeida
Subprefeitura de Parelheiros 5926-6500

Perus
A Subprefeitura Perus, por intermédio da Supervisão Técnica de Limpeza Pública (STLP), passará pela Vila Flamengo, Vila Caiuba, Vila Hungareza, Vila Osana, Ninho Verde e Santa Cruz, das 09h às 12h.
Subprefeitura de Perus 3396-8600

Pinheiros
O caminhão passará das 10h às 15h, no Circuito 7 – Itaim Bibi, no perímetro formado pela avenida Brigadeiro Faria Lima, avenida Helio Pellegrino, avenida Santo Amaro, avenida dos Bandeirantes, avenida das Nações Unidas e avenida Cidade Jardim. Os moradores devem colocar o material na rua das 7h às 10h, para que sejam recolhido entre 10h e 15h.
Subprefeitura de Pinheiros 3095-9595

Pirituba/Jaraguá
A operação percorre das 8h às 16h, o Jardim Maggi, Jardim Sidney e Jardim dos Cunhas.
Subprefeitura de Pirituba/Jaraguá 3993-6844


A operação percorre no Distrito da República. O serviço percorrerá as ruas do distrito, no perímetro delimitado pela avenida 23 de Maio, parque Anhangabaú, avenida Prestes Maia, rua Mauá, avenida Duque de Caxias, avenida São João, largo do Arouche, rua Amaral Gurgel, rua João Guimarães Rosa, ligação Leste-Oeste, viaduto Júlio de Mesquita Filho, Praça Pérola Byington e viaduto Jaceguai. Os moradores poderão descartar móveis usados e objetos inservíveis em suas calçadas entre às 7h e às 12h.
Subprefeitura da Sé 3397-1200

Vila Maria/Vila Guilherme
Neste sábado a operação vai ao Jardim Andaraí, ddentro do triângulo formado pela Avenida Tenente Amaro Felicíssimo da Silveira, a Rodovia Presidente Dutra e pela Marginal Tietê. É preciso que os moradores depositem nas calçadas, entre 7h e 10h, todo o material a ser retirado pela subprefeitura.
Subprefeitura da Vila Maria/Vila Guilherme 2967-8100

Vila Mariana
A Supervisão de Limpeza Pública da Subprefeitura Vila Mariana, irá realizar das 7h às 11 horas, a operação no distrito de Moema. O quadrilátero que será percorrido pelos agentes compreende as Avenidas Ibirapuera / Professor Ascendino Reis / Moreira Guimarães / Rubem Berta e Bandeirantes . Os objetos inservíveis que serão descartados, devem estar em frente às residências, na calçada, para que a remoção seja feita com mais rapidez.
Subprefeitura da Vila Mariana 3397-4100

Vila Prudente
Mais uma operação na Vila Prudente, em ruas do Sítio da Figueira e da Vila Califórnia. As equipes passarão pelas ruas do distrito das 9h às 14h, recolhendo materiais inservíveis. Os moradores devem descartar o material a ser recolhido a partir das 7h da manhã até às 9h. O percurso será feito dentro do seguinte perímetro: Inicio na Rua Francisco Rebelo, esquerda na Rua Três Pedras, direita na Rua Caruso, direita na Rua Eng. Tomas Magalhães, esquerda na Rua São Raimundo e a direita na Rua Francisco Rebelo.
Subprefeitura da Vila Prudente 3397-0800

Outras opções: Ecopontos

Os ecopontos são locais de entrega voluntária de pequenos volumes de entulho (até 1 m³), grandes objetos (móveis, poda de árvores etc.) e resíduos recicláveis. Nos EcoPontos, o munícipe poderá dispor o material gratuitamente em caçambas distintas para cada tipo de resíduo. Se o cata-bagulho não passa na sua região neste final de semana, e você precisa descartar algum material, não chame o carroceiro! Leve-o até o ecoponto mais próximo. Confira os endereços.

 

Ecoponto Localização Telefone Segunda a sexta Sábado Domingos e feriados
Bresser Pça. Giuseppe Cesari, 54 (Baixos do Viad. Bresser) 2693-0191 07:00 às 16:30
Pinheiros Pça. do Cancioneiro, 15 (Baixos da Pte. Eng° Ary Torres) 3846-8281 08:00 às 17:00
Tatuapé Av. Salim Farah Maluf, 179 (Central de Triagem) 2092-0684 07:00 às 17:00
Imperador Av. Ribeirão Jacu, 201 (Baixos do Viad. Jacu Pêssego) 2052-9679 08:00 às 17:00 09:00 às 14:00
Cônego José Salomon Rua Cônego José Salomon, 861 – Vila Bonilha 3992-6475 07:00 às 17:00 07:00 às 14:00
Vigário Godói Rua Vigário Godói, 480 – Vila Zat 3993-1786 08:00 às 17:00 08:00 às 17:00
Viaduto Eng.º Alberto Badra Av. Aricanduva, 200 – Sob Viad. Engº Alberto Badra 2092-2717 08:00 às 17:00 08:00 às 16:00 08:00 às 14:00
Mirandópolis Av. Casemiro da Rocha, 1220
Esq. com Av. José Maria Whitaker
5072-8258 07:00 às 17:00
Penha I Rua Dr. Heládio, 104  2684-2181 08:00 às 17:00 08:00 às 13:00
Carlito Maia Rua Domingos Fernandes Nobre, 109 2586-0709 08:00 às 17:00 08:00 às 12:00
Bandeirantes Rua Itaiquara,  237 – Trav. Av. Itaberaba 3976-5776 08:00 às 17:00 08:00 às 13:00
Recanto dos Humildes Rua Sales Gomes,  415 07:00 às 17:00 08:00 às 12:00
Astarte Rua Astarte X Av. Aricanduva 2783-3771 08:00 às 17:00 08:00 às 16:00 08:00 às 14:00
Santo Dias Travessa Rosifloras, 301 5024-1691 08:00 às 17:00
Vila Guilherme Rua José Bernardo Pinto, 1480 2218-0050 08:00 às 16:00 08:00 às 15:00
Jardim Maria do Carmo Rua Caminho do Engenho, 800 3742-7274 08:00 às 17:00 08:00 às 13:00
Moreira Rua João Batista de Godói, 1164 2156-7406 08:00 às 17:00
Jardim São Nicolau Rua Agreste de Itabaiana, 590
Esq. Rua Eduardo Kyioshi Shimuta
2042-8238 07:00 às 16:30 07:00 às 12:00
Alceu Maynard de Araújo Av. Profº Alceu Maynard de Araújo, 330
ao lado da Central de Triagem
5641-1470 07:00 às 17:00 08:00 às 13:00
Nascer do Sol Rua Nascer do Sol, 356 2282-3030 08:00 às 17:00 08:00 às 16:00
Parque Fernanda Av. Dr. Salvador Rocco, 400
em frente a Rua Antonio Cânon
5824-5106 08:00 às 17:00
Cipoaba Rua Padre Luis de Siqueira X Av. Rodolfo Pirani 2059-6969 08:00 às 17:00 08:00 às 15:00
Anhaia Mello Rua da Prece, 296
Altura do nº 2000 da Av. Prof. Luis Ignácio de Anhaia Mello
2021-2334 08:00 às 18:00 08:00 às 14:00
São Lucas Rua Florêncio Sanches, 307
Próximo ao 70º Distrito Policial
2301-3588 08:00 às 18:00 08:00 às 14:00
Tereza Cristina Rua Tereza Cristina, 10 X Av. do Estado 2215-9960 08:00 às 17:00
Sapopemba Rua Francesco Usper, 550 2211-4040 08:00 às 18:00 08:00 às 14:00
Parque Peruche Av. Engº Caetano Álvares, 3142 2239-4499 08:00 às 17:00 08:00 às 12:00
Parque Guarani Rua Manuel Alves da Rocha, 584 2051-9548 08:00 às 17:00 08:00 às 12:00
Glicério Baixos do Viaduto Glicério 08:00 às 17:00 08:00 às 17:00
Santa Cruz Rua Santa Cruz, 1452 (Baixos Viaduto Santa Cruz) 5061-8870 08:00 às 17:00
Vila Madalena Rua Girassol, 15 Esquina Rua Luís Murat 3034-6022 08:00 às 17:00 08:00 às 15:00
Pedro Nunes Rua da Polka, 100 2032-4197 07:00 às 17:00
Jardim São Paulo Rua Utaro Kanai ao lado do Posto de Saúde 2961-2611 08:00 às 17:00
Vila Nova Cachoeirinha Rua Felix Alves Pereira, 113 08:00 às 17:00 08:00 às 12:00
Vila Santa Maria Rua André Bolsena X Travessa Luiz Sá 08:00 às 17:00 08:00 às 12:00
Casa Verde Rua Zanzibar, 125 07:00 às 17:00
Tiquatira Rua Amorim Diniz X Av. Gov. Carvalho Pinto s/nº 07:00 às 17:00
Vila Cardoso Franco Rua dos Vorás, 25 08:00 às 17:00

Fonte: Secretaria de Comunicação da PMSP

Enviado pelo servidor Nelson Adelino Pereira da Supervisão Técnica de Manutenção/CPO

Categorias:Aconteceu no Jaça

Evento Beneficente: Jazz Sinfônica na Sala São Paulo‏


Está chegando a hora.

Diferentes timbres e tonalidades mudarão a vida de muitas crianças.

E quem sabe a sua também?


Dia 19 de dezembro, às 21h

Uma oportunidade única de assistir a Jazz Sinfônica na Sala São Paulo.
Sob a regência do Maestro João Maurício Galindo, mais de 80 instrumentistas apresentarão arranjos de compositores como Milton Nascimento, Tom Jobim, Dorival Caymmi, Edu Lobo, Moraes Moreira, além de temas natalinos.

Essa apresentação terá a renda revertida para projetos sociais de duas entidades sem fins lucrativos, Comunidade Novo Glicério e Instituto Rukha.

Um espetáculo inesquecível!

Ingressos de R$ 40,00 a R$ 140,00

Ingresso Rápido


Acesse o site do evento e conheça mais detalhes do espetáculo

Enviado pelo servidor Nelson Adelino Pereira da Supervisão Técnica de Manutenção/CPO

Categorias:Canal Cultural
%d blogueiros gostam disto: